Você esta aqui:   Home Notícias Slash: Apocalyptic Love
Slash: Apocalyptic Love PDF Imprimir E-mail
Ter, 12 de Junho de 2012 18:19
Slash: Apocalyptic Love

slash

Rafael Sartori
Redação TDM

Eterno ex-Guns n’ Roses, Slash nunca ficou parado desde que se separou de Axl. Além de ter montado o Velvet Revolver, que conseguiu relativa repercussão e uma boa sequência de shows, o guitarrista se envolveu em diversos projetos e parcerias.
Em 2010, Slash decidiu lançar um álbum com seu nome, embora não fosse exatamente um trabalho solo e sim uma grande reunião de amigos. Desse modo, vocalistas tão distintos como Fergie, Ozzy e Chris Cornell foram convidados e soltaram a voz ao lado do moço de cartola. A maior parte das faixas, contudo, foi interpretada pelo excelente Myles Kennedy, vocalista do Alter Bridge.


Agora, Slash lança seu segundo disco promovendo Kennedy ao posto de vocalista oficial e dispensando as participações ilustres. “Apocalyptic Love”, assim, soa muito mais coeso e entrosado. Enfim, como uma banda de verdade.


Obviamente, a base da sonoridade é o Hard Rock com aquele ‘drive’ característico de Slash, embora o conjunto todo soe menos ácido do que tempos atrás. O belo timbre e a técnica de Kennedy contribuem para deixar as coisas mais amigáveis mesmo nas faixas agitadas e frenéticas como “One Last Thrill” e “Hard & Fast”. O repertório traz ainda algumas baladas, passagens mais introspectivas e até momentos com ênfase no ‘groove’, no melhor estilo Richie Kotzen de ser.


“Apocalyptic Love”, portanto, é um trabalho interessante e variado. Mesmo que leve o nome de Slash na capa, não traz o músico como grande estrela. Tudo é bem equilibrado, inclusive os solos de guitarra, e deve agradar os que acompanham sua carreira ao longo de todos esses anos.

Fonte: Território da Música


 

Gostou disso? Compartilhe com seus amigos...

Share on Myspace

Curiosidades dos Rock-Star's

Lemmy conta seu segredo com as mulheres
Lemmy Kilmister do MOTORH...
Paul Di’Anno é Corinthiano
Essa semana, o vocalista ...

Humor

As regras do Prog Metal
Não basta apenas saber t...